segunda-feira, 16 de março de 2009

Quinta de Vargellas

Quinta de Vargellas

Situada no Douro Superior, a Quinta de Vargellas é a ‘jóia da coroa’ da Taylor’s.

Foi comprada em 1893, num período em que a filoxera estava na sua fase mais destrutiva, tendo sido a vindima da Quinta, apenas de seis pipas. Quando os anos famosos de 1908 e 1912 chegaram, a Quinta de Vargellas já produzia 100 das cerca de 300 pipas que a Taylor’s declarou como Vintage.

Hoje em dia, 69 hectares da Quinta estão com vinha e produzem 225 pipas (1,238 hectolitros) de Vinho do Porto.
O Vintage Quinta de Vargellas é produzido nos anos em que o Vintage clássico da Taylor’s não é declarado. Este vinho é feito das uvas produzidas exclusivamente na quinta, e é envelhecido em casco durante dois anos, sendo depois engarrafado tal como o Vintage clássico.
A Taylor’s foi a primeira empresa a comercializar um ‘Vintage de Quinta’ com o lançamento do seu Vintage Quinta de Vargellas 1958. A reputação destes vinhos adquiriu um estatuto superior ao de alguns vinhos clássicos declarados pelos exportadores. Normalmente amadurecendo mais cedo do que os Taylor’s clássicos, que são famosos pela sua longevidade, os Vintage Quinta de Vargellas são guardados nas nossa caves em Vila Nova de Gaia, até estarem prontos a ser consumidos, portanto ultrapassando a necessidade de investimento do consumidor.
Uma programação cuidada de plantio das melhores castas autorizadas, tem estado em vigor desde então, conferindo às 225,000 videiras que constituem a Quinta, o prémio da letra ‘A’, classificação atribuída pela Casa do Douro.

2 comentários:

  1. por ser uma apaixonada por essa magnífica região, venho de vez enquando ver as novidades e ler os artigos que apresenta sobre as quintas, as vinhas, os vinhos e a região, que só conseguem aumentar o meu encantamento por tudo o que aí vive e corre: Rio, vinho, pessoas paisagem. obrigada por nos mostrar essa abençoada região. continue a fotografar, a escrever e transcrever, lugares e feitos.

    ResponderEliminar
  2. o ano passado estive exatamente nessa quinta a trabalhar.e me apaixonei resido no porto e munca pensei que existi se lugar com tanta beleza e tanta paz.amei e este ano vou de novo.

    ResponderEliminar